10 Mitos e Verdades sobre o sono ideal


A partir do momento em que você decide sair de casa, a responsabilidade sobre a sua saúde, passa, mais do que nunca, a ser exclusivamente sua.

Isso é claro, inclui a hora de dormir.

Quando decidimos morar sozinhos, geralmente é por motivos profissionais ou escolares, e a maioria que decide por esta vida possui um dia a dia agitado.

Poucos na verdade, se preocupam com seu momento de repouso e isto acaba influenciando as tarefas do dia a dia e em longo prazo a sua saúde.

Por isso separei aqui 10 Mitos e Verdades a respeito do sono ideal.

Aproveitem galera:

1 – TV na cama ajuda a pegar no sono?– Completamente Mito. Ver TV pode atrasar a chegada do sono, e se você dorme com o aparelho ligado a qualidade do repouso é ruim. As mudanças de som e luminosidade da TV causam “micro despertares” que tornam o sono mais superficial e menos reparador.

2 – Beber uma taça de vinho ou uma dose de uísque antes de dormir garante uma boa noite de sono. – Puro Mito (os beberrões me desculpem por eliminar este pretexto para eles beberem) . Apesar de o álcool ser um bom indutor de sono, provoca repouso fragmentado e de má qualidade. Além de suprimir a fase REM, a dos sonhos, tornando o sono incompleto. O consumo de álcool também pode piorar a apnéia.

3 – Banho quente é bom para dar sono – Isto depende! A chegada do sono coincide com a queda da temperatura corporal – e o banho muito quente retarda esse processo. O banho ideal é o morno, que realmente relaxa.

4 – Ler na cama é bom para chamar o sono. – Isso as vezes funciona. Aqueles que estudam para uma prova sabem que é só pegar aquele livro de marketing para que o sono venha não é? O fato é que: Para algumas pessoas a leitura funciona como um sonífero; os mais “ligados”, no entanto, podem embarcar de vez na leitura e passarem a noite em claro.

5 – Tomar um copo de leite quente antes de ir pra cama faz dormir melhor – Às vezes. O leite possui triptofano, um aminoácido que participa da produção de serotonina, neurotransmissor associado à sensação de bem-estar, com atuação na área cerebral responsável pelo sono. O problema é que nem sempre o triptofano é absorvido pelo organismo.

6 – Programar o despertador para tocar várias vezes pela manha, de modo que vá acordando aos pouco, ajuda a prolongar o repouso? Não cabeção! O sono fragmentado é superficial e não reparador.

7 – Praticar exercícios a noite cansa o corpo, descansa a mente e faz dormir melhor. Mais um mito. A atividade física precisa ser feita até três horas antes de dormir para não atrapalhar o sono. Depois disso, deixa o organismo excitado.

8 – Comer antes de dormir faz mal- Isso é verdade. A digestão não permite ao corpo reduzir o metabolismo – condição necessária para a pessoa embalar no sono. Quanto mai pesada a comida, pior.

9 – Uma boa noite de sono significa sonhar – Mais uma verdade, sempre sonhamos quando estamos na fase do sono chamada REM, pela qual passamos de quatro a seis vezes por noite.

10 – Lembrar-se do sonho é sinal de que a pessoa teve uma boa noite de sono. Isto não necessariamente é verdade. As chances de uma pessoa se lembrar de um sonho são de 80% se ela acordar durante a fase REM ou até 20 minutos depois dela. Se a pessoas acordar durante a fase REM, as chances caem para 7%. Ou seja, se a pessoa tem a sensação de que sonhou a noite inteira, muito provavelmente despertou varias vezes durante as fases REM e não teve sono de qualidade.

É isto galera, dormir é muito importante. Que tal você dar um pouquinho mais de atenção a este momento?

Abraços

@danielpsv

Fonte: Revista Veja

Anúncios

A oportunidade de passar a noite em segurança de forma barata


Continuando falando sobre sono…

Então você vai viajar de avião, visitar os parentes no ceará (né Jorge), voltando da balada, durante o horário do almoço…

Quantas e quantas horas, a gente não passou, com sono, por não ter um lugar descente para encostar e dormir. Se ao menos houvesse um cantinho ajeitado pra gente descansar

Pensando nisso, os arquitetos Alexey Goryainov e Mikhail Krymov do grupo Arch criaram a Sleepbox. Com apenas 3,75 m², é um projeto que promete revolucionar as horas de descanso de viajantes, estudantes, trabalhadores.

 

Assim como diz o nome, a invenção trata-se de uma pequena caixa de 2m x 1,40m x 2,30m para dormir com conforto e segurança. Oferece momentos de sono tranqüilo e descanso numa cidade, sem perda de tempo a procura de um hotel. Foi idealizado para estar presente em estações de trem, aeroportos, locais públicos centrais, entre outros locais onde possa haver aglomerações de pessoas exaustas.

Graças à Sleepbox qualquer pessoa tem a oportunidade de passar a noite em segurança e de forma barata, em caso de emergência. O espaço móvel inclui uma cama e está equipado com um sistema de mudança automática de lençóis, sistema de ventilação, alerta sonoro, televisão LCD incorporada, WiFi, plataforma para um computador portátil e fontes recarregáveis. Debaixo do chão há ainda um espaço para as malas. O pagamento poderá ser feito em terminais partilhados, que dariam ao cliente uma chave eletrônica, sendo possível comprar 15 minutos ou várias horas.

Agora é esperar pela comercialização, mas verdade seja dita: quantos de nós já não tínhamos pensado numa caixinha assim para poupar um par de olheiras?

Até

@danielpsv

Receita? Despesas? O que são essas coisas?


Primeiro emprego, primeira conta bancária e a necessidade de administrar suas finanças. Parabéns, esses são os primeiros passos da sua independência financeira. Agora, para que a trajetória seja segura, é importante estruturar muito bem seu orçamento.

A tarefa não é tão complicada como muitos imaginam. A dúvida mais comum é por onde começar: pelo que você ganha (receita) ou pelo que gasta (despesas)?

Se, ao responder, você optou pelas despesas, por considerá-las as vilãs de qualquer orçamento, errou! O motivo é simples: sua realidade financeira deve ser guiada pelo valor que você tem disponível: sua renda. Esse é o ponto de partida para adaptar seu padrão de consumo.

Quanto exatamente você ganha?

Primeiro, procure entender exatamente quanto recebe, para tentar determinar quanto pode gastar.

É importante considerar como receita apenas o valor líquido do seu salário, e não o bruto. Você sabe a diferença?

Pois bem: suponha que o seu salário atual bruto seja R$ 2.000,00. Para o seu orçamento você não pode considerar este valor, mas sim o valor líquido que você vê em seu holerite, depois de descontados a contribuição ao INSS (Instituto Nacional do Seguro Social), o Imposto de Renda e outros (faltas, atrasos, vale-transporte etc.).

Procure ser o mais realista possível na hora de compor o seu orçamento. Todas as informações, relacionadas de forma clara, lhe ajudarão a compor um cenário mais claro para suas finanças!

“Engorde” sua receita!

Isso não significa que você deva aceitar as receitas de hoje como o valor máximo que pode contar mensalmente. Investir em educação e treinamento pode ser uma alternativa interessante para ampliar seus ganhos no futuro. Além disso, nunca se esqueça de que pode ganhar uma “graninha extra” desempenhando outras atividades em paralelo.

Sendo criativo, um hobby pode se tornar fonte de renda! O dom para a culinária, a produção de bijuteria ou mesmo algumas aulas particulares na sua disciplina favorita podem ajudar no seu bolso. Aulas de música, dança ou mesmo cuidar do bebê da vizinha. Vale tudo!

Você sabe controlar sua renda?

Você deve incluir todas as fontes disponíveis aqui: salário, rendimento com aplicações, ajuda dos pais, “bicos” etc.

Lembre-se de selecionar quais são suas fontes de receita fixa (que você recebe todo mês) e quais são variáveis (recebe esporadicamente, sem conseguir prever muito).

Geralmente, quem trabalha com remuneração fixa consegue montar um orçamento com maior facilidade do que o trabalhador com receita variável (quem depende de comissões, bonificações etc.), pois tem condições de relacionar exatamente seus ganhos.

Portanto, se você tem intenção de trabalhar um dia como autônomo, atenção: é bom aprender o quanto antes a lidar com seu dinheiro! Quem vive com remuneração variável sabe como é fundamental para o bolso monitorar de perto as receitas. A falta de controle no orçamento é um dos principais motivos para o planejamento financeiro deficiente. Pense nisso e previna-se!

 

Fique atento, em breve volto com mais dicas úteis para sua finanças.

@jorgecavalcante

FONTE: http://www.financaspraticas.com.br

http://revista.vericia.com/tag/morar-sozinho/

Rap 10 da Pullman (Versátil, prático e fácil)


A  Pullman acaba de lançar uma massa semipronta para sanduiche, que é o sonho de consumo de quem mora sozinho. Este lançamento com certeza será uma revolução no segmento de pães e produtos para refeições rápidas.O Pullman Rap10 é uma massa semipronta à base de farinha de trigo, que ajuda você a preparar deliciosas refeições, e o mais importante, de maneira rápida e original.

Este produto me seduziu nas prateleiras de mercados e mais ainda, quando entrei no site e ví que eles disponibilizam um monte de receitas. Todas muito simples de fazer. Ela própria para o preparo de wraps, cones, pizza cone, panquecas, tacos, trouxinhas recheadas e várias receitas de sobremesa.

Você vai criar diferentes pratos quando, como e com o que quiser num instante!

O pacotinho dom 10 Unidades saí por R$ 4,85, e vale muito a pena em matéria de custo/benefício.

Entre no site da pullman e confira esta super novidade, pensada para encher a barriga de quem tem que se virar sozinho.

Até

@danielpsv

 

 

O QUE FAZER?


Todo dia ando de ônibus e ouço a mesma coisa. Calma não estou falando dos caras que ficam ouvindo Músicas no celular . É de reclamações;

– “Como eu estou sufocada com meus Pais.”

– “A como é chato morar com os meus Pais.”

-“ Eu não gosto de morar com meus avós.”

Gente a solução é fácil. E para aqueles que ainda tem medo ou sente pressão dos responsáveis, comece morando com outros parentes. Tente passar os fins de semana nas casas dos parentes que você mais tem afinidades. Não para aproveitar das situações. Mas para ver as condições de responsabilidade, liberdade provisória.

Já falei varias vezes morar sozinho é sensacional. Quem mora sozinho adquire responsabilidade sedo ou Fracasso antecipado.

Não quero desanimar, mas cedo ou tarde isso pode acontecer. Para evitar isso pense varias vezes antes de agir. Cometer erros está na nossa genética. Só que é bom evitar o mesmo erro.

Dicas práticas de utilização de banheiro alheios.


Final de ano se aproxima e com ele, surgem as famosas festas de Reveillon em locais públicos ou casas de amigos e parentes.

Se você já se programou através de nossa dica dada anteriormente (se não, clique aqui). Tudo bem!

Se ainda não, você corre o risco de passar a virada em um daqueles eventos tradicionais no meio das multidões; Seja em Copacabana (nunca fui, mas recomendo), na Avenida Paulista (já fui e não recomendo), em Itumbiara (já fui e recomendo) ou no Acre (não fui e não recomendo). Em qualquer um destes locais você com certeza irá beber muito, e  terá um problema que há anos assusta a humanidade:

A hora de usar o banheiro.

Os eventos públicos são conhecidos pela falta de um bem universal muito importante: banheiros adequados.

Nossa primeira dica é de como se comportar nas enormes filas que sempre surgem na hora de usar o banheiro coletivo em eventos públicos.

Uma poderosa dica que dou é: NÃO ENTRE EM PÂNICO!

Nunca! Jamais! Isso só irá complicar as coisas para você. Mantenha a calma e o pensamento positivo de que tudo irá dar certo.

Quem chega primeiro, usa primeiro

Se houver uma fila, multidão, corda de veludo, cordão de isolamento, fita policial “zebrada” em amarelo e preto ou até mesmo um display LCD com número de senha; isto quer dizer o óbvio: que todos que estão ali na sua frente irão usar o banheiro antes de você.

É a lei da sociedade, não adianta se desesperar. Este o sistema do lugar e pronto.

Guarde isto na sua mente: todo mundo que está presente na fila antes da sua chegada tem um direito dado por Deus de ir antes de você.

Portanto, não tente comprar lugar, furar fila, não fique gritando “que a organização do evento é uma merda”, “que o mundo é injusto” ou coisas do tipo. Resfrie o pensamento e pense que daqui a umas duas horas, será você que estará lá na frente, rindo dos coitados que estão no fim da fila.

Uma vez em um evento de fim de ano na Avenida Paulista, havia banheiros “unisex”. Caso isso ocorra, sempre opte pela fila onde a maioria seja do sexo masculina. Não é machismo. Os homens simplesmente tendem a ser mais rápido na casinha, devido ao seu…* * equipamento.

Banheiro não é salão de belezas, nem Sala de conferências.

Se você (tomara Deus) irá passar seu Reveillon em um evento elegante, onde a quantidade de banheiro é proporcional ao número de pessoas presente, ok.

Você pode usar o banheiro para se socializar com as pessoas, arrumar o cabelo, ver se tem patê nos dentes. As mulheres podem rir, chorar, fazer maldades, fofocar, se maquiar, fazer tudo o que quiserem. No entanto, se for um lugar onde há um banheiro para cada 64 pessoas e, ao olhar para trás, você vê uma multidão com os olhos marejados, saltitando com as pernas cruzadas, olhares de angústia e cara de aflito. Por favor, não faça onda no banheiro.

Crianças sempre precisam de banheiro

Se você for maluco ao ponto de levar o seu sobrinho, seu irmão mais novo ou qualquer criança para estes locais. Parabéns! Você é um idiota.

E irá pagar todos os seus pecados na hora de levá-las ao banheiro. Crianças são lentas, desarrumadas, rudes e fedidas. Portanto, não mande uma criança sozinha, pra usar estes banheiros públicos, a não ser nos casos em que você queira puni-los.

Na casa dos outros treine o “tiro ao alvo”

Eu fico até envergonhado de ter q dizer isto, mas, por favor, levante a tampa do vaso sanitário tipo… SEMPRE!

E fique de olho na mira para não fazer papelão. Se por um acaso você estiver enchergando três vasos sanitários, vale a dica dado ao Rocky Balboa: Mire no do meio.

Abraços

@danielpsv

Adeus indesejaveis ácaros


Você pensa que vive sozinho ma sua casa, mas saiba que diariamente divide o seu glorioso lar com seres indesejáveis e que podem causar um grande mau a sua saúde.

Estou falando dos ácaros.

Os ácaros causam alergia respiratória. Eles estão presentes em toda a nossa casa e não apenas entre os quartos e salas. Muita gente não sabe, mas os ácaros vivem também na cozinha e nos banheiros.

Veja nossas dicas de como combater esta praga.

No Quarto e na Sala:

1. Troque a roupa de cama duas vezes por semana.

2. Use protetor de colchão.

3. Ponha seu pijama para lavar com freqüência.

4. Não use carpete, cortinas de tecido ou tapetes. Prefira outros tipos de pisos e cortinas do tipo persiana na janela.

5. Deixe sempre o cômodo bem ventilado e entrando bastante sol.

6. Mantenha o armário sempre limpo e sem pó. Ponha as roupas para tomar ar pelo menos uma vez por semana.

7. Mantenha os estofados sempre muito limpos.

8. Elimine objetos do tipo almofadas e bichinhos de pelúcia. Reduza ao máximo os objetos de decoração que devem ser limpos com freqüência.

Na Cozinha:

1. Mantenha os alimentos bem fechados.

2. Deixe a cozinha sempre ventilada e limpa com especial atenção para os armários e os panos.

3. Passe um pano úmido com vinagre (duas colheres de sopa de vinagre para cada litro de água) no chão e nas paredes.

No Banheiro:

1. Coloque as toalhas diariamente para secarem ao sol e as troque duas vezes por semana.

2. Deixe os pacotes de algodão e cotonetes bem fechados.

3. Elimine qualquer foco de infiltração e bolor.

4. Mantenha o ambiente arejado, ventilado e seco.

Siga essas dicas, os ácaros estão por toda a parte. É impossivel evitá-los completamente, mas, a casa deve ser predominantemente sua… e não deles.